(86) 3194-5100

Assistir muita TV aumenta risco de câncer colorretal entre homens

A boa notícia é que os pesquisadores também descobriram que é possível reduzir o risco desse tipo de câncer ao aumentar os níveis de atividade física.

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 12 de março de 2018

O sedentarismo aumenta o risco de desenvolver uma série de doenças. Mas um novo estudo descobriu que os homens que assistem TV por mais de 4 horas por dia têm mais risco de desenvolver câncer colorretal em comparação com os que ficam menos tempo no sofá.

A boa notícia é que os pesquisadores também descobriram que é possível reduzir o risco desse tipo de câncer ao aumentar os níveis de atividade física.

"Ser sedentário também está associado ao aumento de peso e maior gordura corporal e esse excesso de gordura influencia os níveis sanguíneos de hormônios que afetam como nossas células crescem e podem aumentar o risco da doença”, explica Neil Murphy, um dos principais autores do estudo publicado no British Journal of Cancer.

Murphy e sua equipe da Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer da França usaram dados de 500 mil homens e mulheres do Reino Unido. E eles observaram quantas horas cada pessoa passou em atividades sedentárias, como assistir TV e usar o computador. Os pesquisadores monitoraram quantos desenvolveram câncer colorretal ao longo de seis anos. Ao todo, 2.391 casos da doença foram registrados.

Os homens que assistiram televisão por, pelo menos, quatro horas por dia tiveram 35% mais risco de câncer colorretal em comparação com os homens que assistiram TV apenas uma hora. O uso do computador não foi associado ao aumento do risco de câncer colorretal nos homens. A equipe também não encontrou nenhuma ligação entre o tempo gasto assistindo TV e o risco de câncer colorretal em mulheres. Os pesquisadores também descobriram que os homens que se envolveram em níveis mais altos de atividade física tinham um risco 23% menor de desenvolver câncer, em comparação com homens que apresentavam baixos níveis de atividade física. Essa descoberta sugere que os homens devem trocar o tempo que passam em frente à TV pela academia.

Fonte: Uol
Enviado por J.C.
Edição: A.N.

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*