(86) 3194-5100

Como tornar a amamentação mais fácil?

Hábito pode ajudar a prevenir doenças e otimizar crescimento.

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 07 de agosto de 2018

Conseguir amamentar adequadamente os bebês é uma das maiores preocupações das mães. Também pudera: bebês idealmente devem se alimentar somente de leite materno até os seis meses de vida. Dessa forma são maximizadas as chances de escapar de algumas infecções, como pneumonia e diarreia, e de ter um desenvolvimento adequado, com menor risco de desenvolver obesidade. Mesmo após os seis meses, é recomendável que os bebês continuem mamando até os dois anos de idade, com a introdução progressiva de novos alimentos na dieta. Às vezes pode ser difícil iniciar o processo, ou mesmo permanecer nele, por isso uma das dicas mais importantes sobre o tema é justamente não ter medo de perguntar: enfermeiros e médicos da própria maternidade podem ajudar a solucionar as primeiras dúvidas.

Isto posto, há algumas recomendações gerais:

1. O ideal é começar a amamentar já na primeira hora após o parto;
2. Fique numa posição confortável e traga o bebê até a mama, em vez de inclinar-se na direção dele;
3. Toque o lábio inferior do bebê com o mamilo, até ele abocanhar a aréola e desenvolver um ritmo de sucção e deglutição;
4. Não se apresse, respeite a vontade do bebê;
5. Chupetas podem ajudar com o choro, mas se introduzidas muito precocemente, podem prejudicar o aleitamento;
6. A sensação de sucção deve ser mais presente que a de beliscões ou mordidas;
7. A média de vezes que um recém-nascido se alimenta diariamente, o que deve acontecer sob demanda, varia de 7 a 9 vezes ao dia;
8. As mamas podem parecer cheias e firmes antes da amamentação e vazias após
9. Os mamilos podem ficar rachados, mas há produtos, com pomadas à base de lanolina, que ajudam na recuperação.
10. A amamentação também traz também benefícios para a mulher, como redução de 98% das chances de engravidar nos primeiros seis meses, além de uma menor chance de desenvolver câncer de ovário, câncer de mama, diabetes tipo 2 e depressão pós-parto.

Algumas mulheres podem ter dificuldade para amamentar, porém, e uma alternativa é o uso de fórmulas industrializadas. Elas, no entanto, não contêm anticorpos, que ajudam na imunidade do bebê. O comércio dos produtos é regulado por acordos internacionais e eles não podem ser distribuídos em promoções, por exemplo.


Fonte: Folha
Edição: F.C.

Comentários

Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!





Deixe seu comentário

Nome*
Email*
Verificação*
Seu comentário*